Prova de Conhecimentos – Maiores 65 anos (à data de 16 de abril de 2015): 4 horas

img_20160216_160030

Descrição: O disposto no n.º 8, Artigo 18.º, da Lei nº 26/2013, de 11 de abril, prevê que os aplicadores que à data
de 16 de abril de 2013, tivessem completado mais de 65 anos de idade, poderiam adquirir a habilitação
de aplicador de produtos fitofarmacêuticos se comprovarem ter obtido aproveitamento em prova de
conhecimentos sobre essa matéria, dispensando as exigências gerais para os aplicadores de produtos
fitofarmacêuticos. O Despacho nº 3147/2015, publicado no DR, 2ª série, nº 61, de 27 de março, vem estabelecer a
estrutura e a metodologia da avaliação da prova de conhecimentos para aplicadores de produtos
fitofarmacêuticos a que se refere o n.º 8, Artigo 18.º, da Lei nº 26/2013.

Objetivos: A prova de conhecimentos referida no Despacho nº 3147/2015 destina-se àqueles que apliquem ou pretendam aplicar produtos fitofarmacêuticos de uso profissional e que, em 16 de abril de 2013, já tivessem completado os 65 anos de idade. A prova de conhecimentos é de natureza teórico-prática podendo ser escrita ou oral e não pode exceder 60 minutos se for de âmbito individual ou 120 minutos, no caso de se tratar de grupos de 10
requerentes. Considera-se que os requerentes têm aproveitamento na prova e que estão aptos para a
atividade caso obtenham uma pontuação igual ou superior a 10 valores (em 20).

Programa da ação: A prova de conhecimentos destina-se a avaliar a capacidade dos requerentes para analisar as seguintes matérias:
a) Identificar o meio de luta mais adequado para um determinado problema fitossanitário;
b) Interpretar as componentes de um rótulo de uma embalagem de produto fitofarmacêutico;
c) Regular um equipamento de aplicação;
d) Efetuar o cálculo de concentração/dose e demonstrar conhecimento para preparação da calda bem
como para a aplicação do produto fitofarmacêutico;
e) Enumerar os procedimentos para limpeza do equipamento de aplicação, eliminação dos restos de
calda e das embalagens vazias;
f) Enumerar procedimentos de armazenamento e transporte dos produtos fitofarmacêuticos;
g) Enumerar os princípios da proteção integrada.

Data limite de inscrição: inscrições abertas em contínuo

Horário: Laboral, Pós-laboral ou Misto

Duração: 4 horas (2 horas de formação + 2 horas de avaliação teórica e prática)

Local: Porto, Grande Porto e Zona Norte

N.º mínimo de inscrições: 10 formandos

Preço: 45,00 €/inscrição – (oferta de  EPI + Cartão de Aplicador)

Condições Gerais:

A Raxis Instituto reserva-se ao direito de não realizar as acções de formação sempre que não seja atingido o número mínimo de 10 participantes;

Os cursos Raxis Instituto destinam-se a particulares e empresas sediados em território nacional;

Valores isentos de IVA.

Faça já a sua pré-inscrição!

Os comentários estão fechados